“The patient’s family, friends and social network are seen as competent or potentially competent partners in the recovery process [from day one]”

Seikkula & Arnkil 2006

o que é?

DIÁLOGOS pretende romper com as abordagens verticais, hierárquicas e centradas na doença ou deficit praticadas na psiquiatria tradicional.

Baseado no sistema Open Dialogue finlandês, o projecto DIÁLOGOS visa transformar os sintomas em histórias, passar o foco do indivíduo para a rede social, valorizar os recursos e não as falhas.

Conjugando a experiência da Fundação Romão de Sousa em criar ambiente psicologicamente potenciadores na sua comunidade terapêutica Casa de Alba, com o apoio dos nossos parceiros nacionais e internacionais, pretendemos trazer ao Distrito de Portalegre um serviço de Saúde Mental de Proximidade, de acesso gratuito a jovens e adultos, e seguindo os princípios e valores do Open Dialogue.

Para quem?

Serviço Gratuito para a População Adulta, entre os 16 e 65 anos, residentes em todas as freguesias do Distrito de Portalegre em situação de perturbação mental ou crise psiquiátrica.

• Crises de ansiedade ou pânico recorrentes;
• Ideação suicida ou depressão (tristeza e/ou angústia intensa);
• Alterações da percepção ou do pensamento (delírios, alucinações);
• Dificuldades graves de relacionamento ou em manter as actividades do dia-a-dia;
• Alterações de humor;
• Irritabilidade fácil e/ou desregulação emocional;

“… deve existir cobertura crescente de intervenções baseadas na evidência e de serviços comunitários com intervenção em rede, para diminuir internamentos e possibilitar participação social mais activa”

OMS

O que fazemos

Apoiar terapeuticamente as pessoas em situação de perturbação mental, as suas famílias e a rede de suporte social.

Activar, envolver e formar agentes da comunidade - técnicos de saúde mental e/ou serviços de assistência social.

Humanizar e educar para os direitos humanos os serviços (psiquiátricos, psicológicos e sociais) à população em sofrimento psicológico e/ou em situação de perturbação mental.

Investigar e avaliar o impacto social e cívico das respostas integradas.

Investigar e avaliar o impacto social e cívico das respostas integradas.

* DIÁLOGOS também trabalha com profissionais, formando e sensibilizando para abordagens mais horizontais, dialógicas e em rede.

Equipa Clínica

Fale Connosco

Sede e Comunidade Terapêutica

Casa de Alba, Cx Postal 945
7100-630 São Bento do Cortiço
Estremoz, Portugal

Contactos

+351 268 035 675
+351 935 563 377
casadealba@fundacaords.org

Parceiros

JOAOGPEREIRA@FUNDACAORDS.ORG

João G. Pereira

João G. Pereira é Psicólogo e Psicoterapeuta. Doutorado em Psicologia do Aconselhamento e Psicoterapia pela Universidade de Middlesex e Metanoia Institute em Londres. Membro efetivo com grau de especialista e especialidade avançada da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Com formação de base em psicologia forense, enveredou posteriormente pela psicologia clínica e do aconselhamento. Fez formação pós-graduada em modelos de psicoterapia cognitiva e construtivista no Instituto Mensalus de Barcelona e, mais tarde, formou-se como psicoterapeuta no Reino Unido onde trabalhou vários anos.

Com vasta experiência na área da toxicodependência, trabalhou com jovens e crianças em risco em organizações não-governamentais em Cambridge e em Norwich, e com adultos em tratamento de substituição em clínicas estatais Londrinas. De 2007 a 2013 ganhou experiência no Serviço Nacional de Saúde Britânico (NHS) onde desenvolveu o seu projeto de doutoramento em Mentalization Based Treatment.

Trabalhou com perturbações de saúde mental graves em equipas multi-disciplinares e foi nesta fase que fez formação especializada no Anna Freud Centre e University College London. É psicoterapeuta acreditado pelo United Kingdom Council for Psychotherapy (UKCP), membro“Chartered”da Sociedade Britânica de Psicologia (BPS), acreditado pelo British Psychoanalytic Council como Terapeuta MBT e titular do Certificado Europeu de Psicoterapia da European Association for Psychotherapy (EAP). Foi, durante dois anos, professor auxiliar convidado na Universidade de Évora, tendo também leccionado na University of East London (UEL) e no Metanoia Institute em Londres quem ainda colabora como supervisor de alunos de Doutoramento e Mestrado.

Em Portugal, colaborou como Investigador Pós-Doc no Instituto de Filosofia (IFILNOVA) da Universidade Nova de Lisboa e em vários projetos com ligação à Saúde Mental. É formador no curso de formação teórico-técnico da Sociedade Portuguesa de Grupanálise e Psicoterapia Analítica de Grupo e Membro do Grupo IPHA (International Practice Based Research Network for Personalizing Health Assessment). Fundou o modelo de Comunidades Terapêuticas Democráticas em Portugal com o projecto “Casa de Alba”, sendo membro da Direcção do INDTC e introduziu o sistema Open Dialogue em Portugal com o primeiro projecto piloto financiado pela Direcção Geral de Saúde e o primeiro curso de formação. O seu trabalho foi alvo de publicações em jornais e revistas científicos e apresentado em conferências nacionais e internacionais. É co-editor e autor do livro “Schizophrenia and Common Sense” publicado pela Springer-Nature e do livro “The Neurobiology-Psychotherapy-Pharmacology Intervention Triangle” publicado pela Vernon Press.

Mantém consultório privado desde o ano 2006.

Médica Psiquiatrica

Raquel Pedrosa

Licenciatura em Medicina, 2006, pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP).

Em 2008 realizou a Pós-Graduação em Competências de Comunicação Clínica, pela FMUP.

Tendo sido convidada a integrar a equipa docente da Unidade de Psicologia Médica do Departamento de Neurociências Clínicas e Saúde Mental da FMUP, colaborando no ensino pré e pós-graduado desde 2009.

Realizou o internato de formação específica em Psiquiatria no Centro Hospitalar e Universitário de São João (CHUSJ), e em 2013 obteve grau de especialista em Psiquiatria.

Mantem atividade clínica no CHUSJ, integrada na Unidade de Psiquiatria Comunitária, vocacionada para o tratamento de doenças mentais graves.

Tem desenvolvido e implementado o Programa de Intervenção em Perturbações borderline da personalidade no CHUSJ. Nesse contexto realizou as seguintes formações: Mentalization-Based Treatment: Basic Training, Anna Freud Centre; Workshop em Terapia Metacognitiva Interpessoal nas Perturbações da Personalidade; Basics and Principles of DBT-PTSD – an evidence based treatment for complex PTSD after childhood sexual abuse workshop. British Isles DBT Training.

Formação como Diretora de Psicodrama, pela Sociedade Portuguesa de Psicodrama, com experiência na direção de grupos desde 2010. Desde 2019 responsável pelo gabinete de Psicodrama do Serviço de Psiquiatria do CHUSJ.

tatianagilferreira@fundacaords.org

Tatiana Gil Ferreira

Tatiana Gil Ferreira é Psicóloga Clínica/Psicoterapeuta na Casa de Alba. Mestre em Psicologia Clínica, pelo Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA) em Lisboa. Membro efetivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses. Membro em formação de especialidade em Psicoterapia Fenomenológico-Existencial na Sociedade Portuguesa de Psicoterapia Existencial (SPPE). Realizou Curso Extracurricular em Neuropsicologia Clínica (ISPA) e desenvolveu investimento formativo em Psicoterapia, Psicanálise, Psicossomática, Doença Mental e Comportamentos de Risco. Experiência profissional no âmbito da toxicodependência (ambulatório; comunidade terapêutica – Lisboa). Desenvolveu trabalho clínico em instituições educativas e colaborou com Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ). Executou prática clínica, em conjunto com uma Clínica Privada, num bairro social em Lisboa. Exerceu funções enquanto psicóloga clinica numa Fundação, inserida num bairro social em Cascais. Também desenvolveu trabalho em Psicologia Comunitária, Intervenção na Crise e colaborou em projetos de Desenvolvimento de Competências Parentais e de Competências Relacionais/Sociais. Exerceu prática clínica em contexto privado. No âmbito de investigação colaborou num estudo em Psicoterapia Breve realizado pelo Núcleo de Investigação em Psicologia Clínica e Psicoterapia – ISPA, Fundação Jerónimo Usera (AJU) e Sociedade Portuguesa de Psicoterapia Existencial (SPPE).

catiaribeiroalves@fundacaords.org

Cátia R. Alves

Licenciada (pré-Bolonha) em Psicologia, ramo de psicologia clínica, pela Universidade de Évora. Membro em formação de especialidade em psicoterapia psicodinâmica na Sociedade Portuguesa de Psicologia Clínica. Membro efectivo da Ordem dos Psicólogos Portugueses, especialista em Psicologia Clínica e da Saúde. Formadora certificada. Com experiencia profissional em contextos diversos, foi colaboradora do projecto NOP “Novas Oportunidades Parentais”, promovido pela “Questão de Equilíbrio” e financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian ao abrigo do Programa Crianças e Jovens em Risco. Colaborou como psicóloga de um Lar de Infância e Juventude e ainda num Centro de Apoio Familiar e Aconselhamento Parental. Exerceu também funções de psicologia numa Comunidade Terapêutica para Toxicodependentes em Castro Verde e em diferentes estabelecimentos prisionais no Centro e Sul do País. No campo da investigação, colaborou no Estudo Nacional Sobre “Saúde e Bem-Estar Psicológico” realizado pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa e Universidade Católica Portuguesa, sob a coordenação da Organização Mundial de Saúde e da Universidade de Harvard. Actualmente em formação em Open Dialogue e Práticas Dialógicas.

Assistente Social

Diogo Janeiro

Diogo Janeiro é Assistente Social da Casa de Alba. Licenciado em Investigação Social Aplicada e Pós-Graduado em Segurança e Higiene e Saúde no Trabalho.

Exerceu funções na Cercimb (Cooperativa dos Cidadãos Inadaptados da Moita e do Barreiro), como Técnico Superior de Serviço Social, tendo trabalhado com deficientes e jovens em risco.

Exerceu funções na Câmara Municipal de Monforte, como Técnico Superior de Sociologia, tendo sido responsávél por um Projeto Transnacional Equal, que procurava ajudar os mais desfavorecidos, procurando integrá-los no mercado de trabalho e/ou na criação do auto-emprego.

Exerceu funções de Formador externo para várias empresas, quer públicas quer privadas, tendo contactado com diversos públicos alvo.

Exerceu funções de Técnico de RVCC do CNO, tendo acompanhado processos de equivalência ao ensino Básico e Secundário.

Exerceu funções novamente na Câmara Municipal de Monforte, onde colaborou no Programa Comunitário de Entrega de Géneros Alimentares a Carenciados (PCAAC), Cartão Municipal do Idoso.

Foi colaborador da Câmara Municipal de Sousel, onde exerçeu funções no Gabinete de Ação Social, participando nos vários projetos implementados. (Universidade Senior, Loja Social, Oficina da Memória, Movimento Gente Grande em Grande), atualização do Diagnóstico Social, entre outros projetos.

Foi colaborador na equipa Técnica do Centro Humanitário da Cruz Vermelha de Évora, tendo participado nas várias respostas promovidas pela instituição, tais como: Serviço de Teleassistência, Serviço de Apoio Domiciliario, Atendimento e Acompanhamento Social, Entrega de Géneros Alimentares, Refeitório Social.

Médico Psiquiatra

António Paiva

Director Clínico do Departamento de Psiquiatria do Hospital do Barreiro.

Membro da Sociedade Portuguesa de Psicanálise.